sexta-feira, 17 de junho de 2011

o Viagra do Mayombe

Chineses traficam Pau de Cabinda
Foram apreendidas no aeroporto da Catumbela, na província de Benguela, quatro malas contendo Pau de Cabinda.
Presume-se que a mercadoria seria escoada para a China através do porto do Lobito. Os três cidadãos de nacionalidade chinesa que transportavam o produto de forma ilegal, passaram pelos aeroportos de Cabinda e Luanda.

O famoso Pau de Cabinda
Proveniente da casca de uma árvore com o mesmo nome, só é possível encontrá-lo nas florestas do Mayombe, em Cabinda. Descrito como um afrodisíaco 100% natural, o Pau de Cabinda, de acordo com pesquisas, combate o problema de frigidez e impotência e não é aconselhável o seu uso sem prescrição médica. Na Europa o produto já é comercializado em algumas farmácias. Em Portugal, uma embalagem com 40 cápsulas pode ser vendida por 50 dólares. Nada está claro em relação a forma como o produto tem saído de Cabinda para exterior do país.

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Não se pretende exibir conhecimentos, mas ajudar à qualificação da vossa escrita:
Contactos:
Não se escreve "estar indisponível já a alguns dias...", mas sim: ESTAR INDISPONÍVEL JÁ HÁ ALGUNS DIAS". O PROBLEMA TEM A VER COM O SERVIDOR, e não "o problema tem haver com o servidor". Não sou anónimo, calcorreei Cabinda desde o Chimbuande ao Miconge, de 1971 a 1973. A. Pereira Rodrigues, BCaç 11.

João Silva disse...

A. Pereira Rodrigues, o pessoal que por aqui vão postando e/ou compondo o blog não é de todo letrado na arte de bem escrever, daí que de vez em quando apareçam por aí umas calinadas.
Obrigado pelo reparo.