terça-feira, 25 de abril de 2017

Madeira – 27º Encontro Convívio

Realizou-se no passado sábado, dia 22 de Abril, o 3º Encontro Extraordinário na Ilha da Madeira (27º Encontro/Convívio), no Restaurante Quinta Estação, situado no Pico dos Barcelos – Funchal.

O encontro/convívio que teve uma boa participação de continentais – 42 pessoas, reuniu cerca de 100 pessoas, sendo 49 ex-militares e os restantes seus familiares e amigos.
Por curiosidade eis a distribuição dos 49 ex-militares:
CCS5; 1ªCª16; 2ªCª18 e 3ªCª 10.

Porque temos realizado estes encontros extraordinários na Ilha da Madeira de 10 em 10 anos - 1997 * 2007 * 2017 – e como já estamos com idades superiores a 65 anos, foi falado e sugerido, e muito bem, que talvez não fosse má ideia passarmos a fazer de 5 em 5. O que acham?

Por fim dar os parabéns à organização - José Coelho (1ªCª) e Virgílio Gouveia (2ªCª) - que esteve excelente! Com tudo muito bom! Parabéns!

O Batalhão
1ª Companhia
2ª Companhia
3ª Companhia

O Bolo do Batalhão

Nota: A CCS não pousou para a fotografia.

PS... O próximo “Encontro Normal Anual” realiza-se este ano no dia 7 de Outubro na zona de Aveiro.

5 comentários:

gostfeet disse...

João,

Obrigado. Gostei das Fotos e de saber que foi mais um êxito.

Tive muita pena em não ter podido ir.

Um abraço para todos.

Alfredo Correia

antonio miguel curto disse...

Parabens. Bom convivio, e isso é que interessa. Abraço para todos

João Silva disse...

Foi um convívio excelente, num sítio agradável. Foi muito bom!
Vi pessoal que já não via desde 1974. Gostei especialmente, de rever aqueles com quem convivi bastante durante a comissão, por pertencerem à minha companhia e alguns ao meu pelotão.
O restaurante também esteve à altura em todos os aspectos, não esquecendo a excelente simpatia de todos os funcionários.
Parabéns à organização!
Abraço para todos
João Silva

José Dias disse...

João

Ainda bem que correu tudo da melhor maneira!
Gostei muito de rever através das fotos, pessoal que não via há anos,como por exemplo o cabo Renato, acho que está porreiro.
Um abraço para todos.

José Dias

João Silva disse...

Sim, Dias, o Renato está porreiro.
No próximo "golpe de mão" falamos melhor sobre o convívio.
Abraço